O Cajado do Marocas

"...matar dois conelhos de uma cajadada só..." - Marocas

24 janeiro 2006

Até Sempre!



Findo o processo de eleição do Presidente da República Portuguesa (apesar de ainda faltarem apurar 2 freguesias!), é hora de balanço final n’O Cajado do Marocas. Aqui ficam alguns dados essenciais dos resultados obtidos pelo “nosso” valoroso candidato:

- 14,3% da votação total
- 778.389 votos
- Cerca de 2.000.000 de votos a menos do que o Prof. Cavaco Silva
- Aproximadamente menos 346 mil votos que o Dr. Manuel Alegre
- Vencedor num único concelho em Portugal, com 26,1% dos votos – Campo Maior

Em suma, o pior resultado eleitoral, de sempre, para o "Pai da Democracia". Fui com júbilo que assistimos à sua saída pela porta pequena, com ar cansado e triste! Porém a melhor frase, da noite da eleição, iria ser proferida, como habitualmente, pelo “grande democrata” Vítor Ramalho (membro da candidatura de Soares) - “Estes resultados eleitorais traduzem uma análise incorrecta da realidade por parte dos portugueses em geral”

É melhor ficar por aqui e avançar para o balanço final d’O Cajado do Marocas…

- Alguns post (o nº certo deixo para ser apurado por algum razoável economista)
- Várias imagens (sem copyright)
- Leituras atentas (dos links ao lado e não só…)

Queremos agradecer a todos os leitores identificados e anónimos, a todos os que partilharam a sua opinião nos comentários do blog, a todos os que nos enviaram e-mails, sugestões e opiniões, a todos os bloggers que trocaram links connosco… Mas acima de tudo, temos de agradecer a todos os que contribuíram para a estrondosa derrota do Dr. Mário Soares, votando de consciência tranquila!

Obrigado e até sempre!

23 janeiro 2006

Pensamento a Quente

Após quase 100 postagens em menos de três meses, oferece-nos dizer que, utilizando uma crítica sincera mas mordaz, num estilo quase humorístico, contribuimos para repor a verdade, consequentemente, retirar nem que seja apenas um voto a Soares - Valeu a pena!

Presidenciais: TRIPLA!

Obrigado Portugal!
É o que se nos oferece dizer sobre a votação destas eleições.

O país ganha em todas as frentes:
1) Escolheu o candidato certo para mudar um certo "estado das coisas" (Cavaco Silva);
2) Preferiu um movimento de cidadãos a uma máquina partidária, inflacionada pela defesa de ocultos interesses instalados (Alegre a Soares);
3) Soube avaliar a diferença entre quem legitimamente defende dos interesses das classes mais humildes, e quem demagogica e falsamente tenta abanar bandeiras populistas, tendo apenas por interesse defender uma classe (média e urbana)parasitária face ao Estado (Jerónimo a Louça).

Venceu o melhor cenário possível!
Uma vez mais OBRIGADO!

A surpresa das eleições



Como o staff de Marocas vinha apregoando, afinal sempre houve uma agradável surpresa nestas eleições: Soares ficou dentro das piores expectativas 14,34%

22 janeiro 2006

Dia D(e silêncios...)

20 janeiro 2006

O trauliteiro de todos os portugueses


Percorrido que está o país pelos candidatos, apontam-se as espingardas para o comício desta noite.
Os três amancebados candidatos do contra (o "nosso" Marocas, o Anacleto, e o Jerónimo) vão novamente diabolizar Cavaco (qual Monstro do Loch Ness!). Percebemos o damagogo-populista Anacleto que apela à "decisão" de deixar tudo na mesma, ou que aposta em mais despesa pública para combater o défice (?). Percebemos que Jerónimo defenda a sua dama, que aposte na fixação do seu eleitorado. Mas Soares... Porquê?
O que tem de novo para dar ao país? As suas constantes mudanças de opinião? As suas "ligações perigosas" e próximas entre Estado/amigos/partido? Interesses classistas?
Aí está uma pergunta que desejamos saber a resposta daqui a muito tempo. Uma pergunta que esperemos não saber a triste verdade com uma eventual (e imporvável, esperamos) vitória na segunda volta. Uma pergunta que virá a ser respondida num livro como o "Contos Proibidos".

Soares voltou no seu velho estilo e em forma! Atacando os seus adversários por tudo e por nada, arrogante nos debates, exarcebadamente convencido, enfim, um autêntico caceteiro da democracia. Foi assim com Sá Carneiro (onde até os católicos valores que não os seus utilizou para lançar farpas), com Salgado Zenha, com Freitas do Amaral, e agora com Cavaco. Tudo vale neste estilo politiqueiro - até colocar Ribeiro e Castro com deputado socialista!

Nas últimas legislativas caiu por terra o mito eleitoral de Santana Lopes. Agora está na hora de cair o mito Soares.
(como mencionado no seu slogan de campanha)
POR PORTUGAL!

Verdades de esquerda


Um colocou o socialismo na rua,
O outro colocou-o na gaveta!

19 janeiro 2006

Prestigio Ibérico


Mario Soares no considera a España una nación pero sí a Cataluña...

Marocas marca pontos junto do eleitorado catalão!

P.S. - Obrigado ao nosso assíduo leitor e "hermano" ESPANHOL!

17 janeiro 2006

China Calling



Apesar de estar na China, o ministro da Defesa não perdeu a oportunidade de dar uma ajuda à campanha de Mário Soares. O candidato presidencial apoiado pelo PS disse aos funcionários dos estaleiros que o ministro da Defesa Nacional, Luís Amado, que se encontra em visita oficial à China, lhe telefonou esta manhã deixou um recado aos funcionários dos estaleiros.

«O senhor ministro da Defesa garantiu-me que não há qualquer intenção do Governo» em privatizar a empresa e que «a ideia é desenvolvê-la e arranjar mais encomendas»

Marocas foi agora elevado a "moço de recados" da máquina partidária rosa! De facto os tempo mudam, antes eram faxes de Macau, agora são chamadas da China...

Será que Marocas também já foi informado, por algum ministro ou dirigente socialista, sobre qual será a verba do orçamento de Estado de 2006/7 para a pseudo-fundação com o nome do candidato após o desfecho das eleições presidenciais?

12 janeiro 2006

Espiritismo



Marocas afirmou hoje, à TSF, que o Eng. José Sócrates está com a sua candidatura em espírito...

Esperamos que nas urnas, no próximo dia 22, estes espíritos sejam bem exorcizados!
 

Powered by Blogger